Site RI - Accionistas - Estrutura Accionista
BPI - Relações com Investidores Página InicialEnglish VersionSites BPISegurança

FAQ's
Mapa do Site
Glossário
Contactos


Grupo BPI
Governo Grupo BPI
Dados Financeiros
Accionistas
Acções Banco BPI
Dívida
Notícias e Eventos





Links Úteis
Informação obrigatória aos Investidores
Termos de Utilização
Política de Cookies
Estrutura Accionista

O capital social do Banco BPI, de 1 293 M.€, é constituído por 1 457 milhões de acções ordinárias nominativas e escriturais, sem valor nominal. As acções encontram-se admitidas, na totalidade, à negociação no mercado da Euronext.

A 31 de Dezembro de 2015 o capital do Banco BPI era detido por 19 901 Accionistas. Destes, 19 412 eram particulares detendo 11% do capital, enquanto 489 pertenciam às classes dos investidores institucionais e das empresas e detinham os remanescentes 89% do capital.

Posições accionistas superiores a 2% do capital do Banco BPI1
31 Dezembro 2015
Accionistas N.º de acções Participação Direitos de voto1
CaixaBank, S.A.1,2 642 462 536 44.097% 44.097%
Santoro Finance - Prestação de Serviços, S.A.3 270 643 372 18.576% 18.576%
Allianz SE4 122 744 370 8.425% 8.425%
Violas Ferreira Financial, S.A.5 39 063 392 2.681% 2.681%
Banco BIC, S.A.6 33 283 372 2.284% 2.284%
Nota: Posições accionistas registadas a 31 de Dezembro de 2015 na Central de Valores Mobiliários (CVM), com base na informação recebida da Central e em informação pública divulgada ao mercado.


Para além das participações superiores a 2% anteriormente referidas, existe um conjunto de accionistas de referência que detêm posições superiores a 1% no capital da sociedade. A 31 de Dezembro de 2015, um grupo de accionistas que, em conjunto, aqui se designam por Arsopi7, detinha participações que, quando agregadas, totalizavam 2.0475% do capital social do Banco BPI. Na mesma data, o grupo Nors8 (Auto-Sueco, Lda) detinha 1.519% do capital do Banco.


1) De acordo com disposição estatutária, os direitos de voto, para efeitos da sua contagem, estão limitados a 20%.
2) A participação detida através da Caixabank, S.A., é ainda imputável, a 31 de Dezembro de 2015, à Criteria CaixaHolding, S.A.U., detentora de 56.8% do CaixaBank, a qual é por sua vez dominada pela Fundación Bancaria Caixa d'Estalvis i Pensions de Barcelona, "La Caixa", titular de 100% dos respetivos direitos de voto, nos termos do artigo 20.º, n.º 1, alínea b), do CVM.
3) Participação directamente detida pela Santoro Finance - Prestação de Serviços, SA ("Santoro Finance"), e imputável, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 20ª do CVM, à Santoro Financial Holdings, SGPS ("Santoro"), por deter a totalidade do capital da Santoro Finance, e à Senhora Engenheira Isabel José dos Santos, na qualidade de accionista da Santoro Financial Holdings, SGPS.
4) Participação indirecta detida por subsidiárias dominadas pela Allianz SE, holding do Grupo Allianz, e imputável aquela entidade nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 20º do CVM: participação directa de 8.275% detida pela Allianz Europe Ltd. (detida a 100% pela Allianz SE) e participação directa de 0.150% detida pela Companhia de Seguros Allianz Portugal (detida a 65% pela Allianz SE).
5) Participação imputável à HVF - SGPS, S.A. que detém integralmente o capital da Violas Ferreira Financial, S.A. Inclui 227 273 acções detidas por Edgar Alves Ferreira (0.016% do capital do Banco BPI), Vogal do Conselho de Administração da sociedade HVF - SGPS, S.A. e da Violas Ferreira Financial, S.A.
6) Participação de acordo com o comunicado enviado pelo Banco BIC ao Banco BPI no dia 26 de Fevereiro de 2016 e comunicado ao mercado na mesma data. Inclui 27 646 900 acções detidas directamente pelo Banco BIC, S.A. (1.90% do capital do Banco BPI) e, nos termos do disposto na alínea d) do nº1 do artigo 20 do CVM, inclui 5 634 822 acções detidas por Fernando Leonidio Mendes Teles (0.387% do capital do capital do Banco BPI) e 1 650 acções detidas por Fernando José Aleixo Duarte, respectivamente, Presidente do Conselho de Administração e Administrador do Banco BIC. De acordo com o comunicado emitido a 2 de Março de 2016, o Banco BIC informou que a ultrapassagem do limite de 2% ocorreu no dia 11 de Abril de 2013, na sequência da aquisição de 612 182 acções do Banco BPI pelo Banco BIC. Em resultado dessa aquisição, o Banco BIC passou a ser titular de 26 569 873 acções do Banco BPI (1.912% do capital). De entre os seus administradores, o Presidente do Conselho de Administração, Fernando Leonidio Mendes Teles, era nessa data titular de 1 752 722 acções do Banco BPI (0.126% do capital).
7) Em 31 de Dezembro de 2015, sociedades dominadas pelo Administrador Armando Leite de Pinho detinham 7 856 695 acções representativas de 0.539% do capital do BPI. Pessoas relacionadas por laços familiares e sociedades com as mesmas ligadas detinham participações que, somadas às anteriormente mencionadas, ascendem a 29 832 650 acções, representativas de 2.0475% do capital do BPI. Tal não significa, de acordo com a informação de que o Banco dispõe, que a referida agregação configure uma participação qualificada no capital do BPI nos termos do artigo 16.º e seguintes do Código dos Valores Mobiliários.
8) Participação detida através da Norsocia SGPS, S.A. e da Ascendum España S.L., detidas, respectivamente, a 100% e 50% pelo Grupo Nors (Auto-Sueco, Lda) em 31 de Dezembro de 2015. Estas empresas detinham em 31 de Dezembro de 2015, respectivamente, 11 050 105 e 11 084 734 acções do Banco BPI, representativas de 0.758% e 0.761% do capital social do Banco BPI.
 
Última actualização: 13-04-2016